Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Soap Ballons & A Cup of Coffee

Pensamentos. Desabafos. Raciocínios.

Soap Ballons & A Cup of Coffee

Pensamentos. Desabafos. Raciocínios.


19
Mar14

Elas que precisam deles.

A grande maioria dos homens, sim estou a generalizar mas infelizmente é o que tenho observado, gosta que elas precisem deles. Não se trata de um processo de valorização nem tão pouco de amor. É o puro sentimento de posse aliado ao princípio hedonístico clássico. As mulheres que se movam por si próprias são uma potencial ameaça e, sendo assim, fiquemo-nos pelas obscuramente limitadas. Ora os limites são variados, mas todos convergem para a mesma regra: quanto maior for a dependência mais seguro é.

 

Houve quem me dissesse com grande pesar - "Não precisas de mim.", ao qual respondi o mais óbvio - "Pois não, estou contigo porque gosto de ti". Isto não chegou. O amor não era suficiente. Ele queria que eu dependesse dele. E como ele, os outros. Os que têm medo que os seres pensantes emergentes que são as mulheres modernas venham um dia a dizer-lhes que são mais que eles, mais qualquer coisa, não sabemos muito bem o quê mas eles lá saberão.

 

Elas que precisam deles eu consigo compreender e, de certa maneira, sentir uma simpatia empática qualquer. Eles que querem que elas precisem deles, não. Na minha perspetiva é triste estar com alguém porque se precisa dela para algo mais do que amar. Para pagar a renda, o colégio dos miúdos, o empréstimo do novo Audi ou a tal viagem às Maldivas de 2012 cujos juros ainda estão a ser pagos, e bem caros!

 

Não preciso de ninguém para ser feliz, só de mim. Sim, eu sou feliz sozinha. Sim, seria mais feliz com alguém que me amasse na mesma medida. Mas recuso-me a depender de alguém para algo mais do que me completar com amor.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.