Domingo, 30 de Novembro de 2008

Irmã...

Quis Deus que eu não tivesse irmãos. Bom, pelo menos não com o mesmo Pai e a mesma Mãe. Deus deu-me o que muitos não têm... deu-me uma prima-amiga-irmã. Fardo pesado o dela, que acumula tantas funções igualmente importantes e decisivas na minha vida. O mais engraçado, é que ela sabe sempre quando deve avançar com uma determinada faceta de cada uma das funções que lhe foram atribuídas em relação a mim. Deus deu-me a minha querida Jão e hoje, que é dia de festa, eu quero deixar neste blog bem patente que a amo com todas as minhas forças e sim, assumo que Deus não poderia ter sido mais generoso comigo! Parabéns minha querida, muitas felicidades e uma mão cheia de tudo o que é bom, é o que te desejo do fundo do coração! :)

sinto-me:
música: Parabéns a você
publicado por AM às 20:15
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 22 de Novembro de 2008

Desilluminati

Uma clássica conspiração em tempo de Outono. O tempo muda tudo, desenganam-se os cépticos e encorajam-se os descrentes. Caem as folhas e surgem os esquecidos pensamentos, afinal conclusões em tempo de praia nunca sobrevivem ao fim dos dias de calor. Escapa-se-nos a sensualidade do Verão e deparamo-nos com o pôr-do-sol mais laranja e ainda aquelas dúvidas inquietantes. Retomam-se as conversas de café e de um local opcional todos nos deparamos com o que sobrou do Verão, balanço efémero com contrastes de memórias do que foi e do que deveria ter sido. A mais-valia de estar em alta é ultrapassada pelo momento à lareira do eu com o frio real sustentado por babes despidas no televisor. É Outono e não quero mais ter que sair de casa, e não estou deprimida nem me esqueci de como é estar na maior. As folhas caem e eu também quero poder apenas ser e que isso não signifique nada para além disso.

Se o frio bater à porta antes do tempo quero responder-lhe com um sorriso, porque hoje me lembrei do que quer dizer a palavra liberdade. Sem imposições, quero rir só porque sim e não rir só porque não, sair para ficar relaxada ou não ir a lado nenhum para activar todas as ideias e sensações. Cada um é espelho de si mesmo, assumo o meu reflexo não comunitário, ele é apenas meu. E engloba tudo desde sessões de sexo tórrido, a domingos de cinema em casa com deprimentes meias de lã.

Espero do equinócio a revolução, acordar e adorar segundas-feiras. Crescer no Inverno e descansar no Verão.

Rótulos, só nas embalagens dos produtos a consumir, que as nossas cabeças continuem redondas apenas para os pensamentos poderem mudar de direcção.

 

Delicioso.

 

RKL.

sinto-me: beeeem
música: Jobim - Desafinado
publicado por AM às 19:05
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 17 de Novembro de 2008

aMess

O coração que não chora, virou pedra. A cabeça que sente falta do que quiseste dar, mas que o coração rejeitou por ser muito precoce. O corpo que tem saudades do teu toque ainda que o tenhas tocado poucas vezes. O coração chora? O ciúme agora? Mas não faz sentido, não agora! Foi hoje? É só hoje? Inúmeros os que o querem e eu só penso em ti. Não, não faz sentido, não agora. Quem sou eu para te dizer "agora já dava...". Eu não sou assim, optaste pelo que te obriguei optar e agora, pode ser da hora, mas a verdade é que gostava de te ter aqui.

 

 

sinto-me:
publicado por AM às 21:57
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 11 de Novembro de 2008

This dream is real, it's my life.

Eu tinha um sonho: simples, ingénuo, romântico, aparentemente fácil de concretizar... Conhecer a alma gémea, namorar, casar, ter filhos, and so on, and so on... viver feliz para sempre! Sonhos. São só sonhos! Para que me serve ter um sonho se posso viver a minha realidade, ainda que, por vezes, menos meiga, todos os dias? Antes uma vida cheia de realizações concretizáveis ou concretizações realizáveis e menos sonhos redundantes e conformes, abundantemente idílicos. Ok, a verdade é, eu tinha um sonho e hoje... bom, hoje tenho muitos! ;)

sinto-me:
música: Blossom Dearie - Put on a happy face
publicado por AM às 22:23
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Domingo, 9 de Novembro de 2008

Kissing

"For it is not inertia alone that is responsible for human relationships repeating themselves from case to case, indescribably monotonous and unrenewed: it is shyness before any sort of new, unforeseeable experience with which one does not think oneself able to cope. But only someone who is ready for everything, who excludes nothing, not even the most enigmatical, will live the relation to another as something alive."

música: Manhattan - Ella Fitzgerald
publicado por AM às 22:44
link do post | comentar | favorito


:Dezembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

:pesquisar:

 

:mais sobre mim:

:posts:

: Coisas que me irritam - P...

: De Zon

: Markt Vredenburg

: Vrijdag

: Rose & Vanilla

:once upon a time:

: Dezembro 2017

: Abril 2016

: Março 2016

: Janeiro 2015

: Outubro 2014

: Março 2014

: Janeiro 2014

: Novembro 2013

: Maio 2012

: Dezembro 2011

: Setembro 2011

: Agosto 2011

: Junho 2011

: Maio 2011

: Abril 2011

: Fevereiro 2011

: Janeiro 2011

: Dezembro 2010

: Outubro 2010

: Setembro 2010

: Agosto 2010

: Julho 2010

: Junho 2010

: Maio 2010

: Abril 2010

: Março 2010

: Janeiro 2010

: Novembro 2009

: Outubro 2009

: Setembro 2009

: Julho 2009

: Junho 2009

: Maio 2009

: Março 2009

: Fevereiro 2009

: Janeiro 2009

: Dezembro 2008

: Novembro 2008

: Outubro 2008

: Setembro 2008

: Agosto 2008

: Julho 2008

: Abril 2008

: Março 2008

: Janeiro 2008

: Dezembro 2007

: Novembro 2007

: Outubro 2007

: Setembro 2007

: Agosto 2007

: Junho 2007

: Maio 2007

: Abril 2007

: Março 2007

:tags:

: todas as tags

:masks:

:subscrever feeds

:counter:

Website Hit Counters